Por que as planilhas financeiras ficaram para trás?
23/01/2018
4 controles de gestão que pequenas empresas não podem ignorar
20/02/2018

Como fazer o controle de devedores do seu negócio?

O controle de devedores do seu negócio é essencial para evitar complicações financeiras. Saiba mais.

O número de consumidores inadimplentes no Brasil chegou a 61 milhões em outubro de 2017, nível 4,45% superior ao registrado no mesmo período de 2016, quando 58,4 milhões de brasileiros estavam endividados, conforme estudo da Serasa Experian. O número é alto e se o fantasma da inadimplência ainda não atingiu a sua empresa, você pode ser o próximo, visto que esse é um dos riscos inerentes a qualquer negócio.

Por isso, é recomendado fazer um controle de devedores para que uma possível falta de pagamento não chegue a prejudicar as suas contas, evitando, desta forma, que sua empresa também entre para a estatística e se torne uma devedora a partir da dívida de terceiros com o seu negócio.

Lembrando de que o controle é uma das importantes funções de um gestor, e é faz necessário para quem quer progredir, tendo em vista que auxilia a ter acesso a informações e ampla visão do negócio.

Não sabe como fazer o controle de devedores do seu negócio? Siga acompanhando o post de hoje para conferir dicas para fazer o seu!

1. Crie uma planilha para fazer controle de devedores

Se sua empresa ainda não conta com um sistema de gestão financeira que disponibilize essa função, para quem quer ter o controle de devedores, a primeira orientação é montar planilhas para que o negócio funcione e que você tenha tudo documentado: vendas, entrada e saída de produtos, gastos, etc.

Uma planilha com gastos e datas de contas a pagar é fundamental na organização do negócio, bem como uma lista de clientes, com seus dados pessoais e de compra.

Com esse controle, sabe-se o montante de dinheiro que há na rua, bem como as datas em que estão previstos esses pagamentos. A partir daí, é possível planejar o quanto de dinheiro você precisa ter reservado se, por ventura, esses valores não entrarem na conta do seu estabelecimento, em função dos inadimplentes.

A planilha pode ser criada no Google Docs, por exemplo, para que você possa consultá-la e atualizá-la remotamente, a qualquer momento do dia, o que permite tomar decisões mais imediatas sobre o controle de devedores. Esta é uma forma de organizar as finanças e saber quem precisa ser cobrado.

É possível, ainda, gerar gráficos e relatórios que ajudem na tomada de decisão para reverter o prejuízo inicial criado pela falta de pagamento.

2. Planeje visitas

Com os dados de controle de devedores em mãos, você sabe quem cobrar por determinada dívida, e quando cobrar. Se não há um controle, sua empresa poderá ficar sem aquele dinheiro e, consequentemente, sairá no prejuízo.

Ter os dados do devedor, como nome completo, CPF, endereço, etc., possibilita buscar maneiras para reaver esse dinheiro, e isso pode ser feito de diversas formas: criando um sistema de mensagens solicitando o pagamento, direcionando funcionários para visitar esses clientes e buscar o pagamento ou uma negociação, fazer telefonemas efetuando a cobrança, entre outras.

3. Seja proativo 

Faça o controle de devedores e evite a inadimplência de seus clientes sendo proativo. Por exemplo, programe e-mail ou mensagem SMS próximo à data de vencimento de seus débitos. 

Criar ações promocionais oferecendo vantagens a quem pagar seus débitos antecipadamente ou aderir a uma modalidade de pagamento com débito automático também são ações que podem ajudar a reduzir significativamente a inadimplência de seus clientes. 

inadimplência pode trazer danos para a empresa, mas também para o cliente, que terá que pagar multa, poderá ter dificuldade de conseguir outros créditos e ter bloqueados serviços, etc. Sendo assim, ser devedor é uma situação indesejada, também, para ele.

Quando a empresa é proativa e cria mecanismos de controle de devedores e de redução da inadimplência, ela se assegura de que a sobreposição de débitos não vire uma perigosa bola de neve que vá impactar negativamente em seus resultados e fluxo de caixa. 

Você ficou com alguma dúvida sobre controle de devedores do seu negócio? Quer compartilhar conosco alguma situação que tenha enfrentado? Deixe sua mensagem nos comentários!